Cure a Si mesmo e cure os outros

Spread the love
Artigo da revista Saúde Quântica
Dth Elaine Imagem

Quando eu estava tentando mudar minha realidade li uma frase da Clarissa Medeiros que também se formou com Amit Goswami, como eu. A frase dizia: “O que você oferece ao mundo diariamente, o melhor ou o pior de si?” As pessoas de seu convívio e da cidade vão responder como um espelho. A cidade em que vive e o mundo são verdadeiros espelhos de nosso mundo interior. Somos criadores de realidades e podemos transformar nossas experiências. Toda ação gera uma reação, esta é a lei da Causa e Efeito, tão líquida e certa como a Lei da Gravidade. Com isso, consegui assumir total responsabilidade pelo que acontece em minha vida. Quando você acessa a sua alegria verdadeira, sente vontade de viver para valer, e de compartilhar. Despertar a Frequência da alegria muda tudo. Somos quânticos. Entendi que a Consciência é a forma como percebemos o mundo, nossos, pensamentos, julgamentos, intenções e tudo que esta ao nosso redor.

Entendo que somos Receptores de todas as frequências estão ao nosso redor, mas só podemos acessar as que estão em ressonância com o que emitimos. A afirmação de que “a consciência cria realidade” traz diferentes questões, como diz Thales Duarte . Será que isso significa que nós, como indivíduos (e em um nível coletivo como uma raça humana) podemos moldar e criar qualquer realidade que gostaríamos para nós mesmos? Será que isso significa que podemos manifestar um certo estilo de vida, e atrair determinadas experiências? Isso acontece instantaneamente?

Leva-se tempo? Como fazemos isso?

Embora ainda não seja possível responder a essas perguntas com certeza científica absoluta, sabemos que sim, realmente existe uma correlação entre a consciência e o mundo material físico, de alguma maneira. O alcance dessa correlação (de novo a partir de um ponto de vista científico moderno) ainda não é bem compreendido, mas sabemos dessa correlação, e sabemos que há um forte significado. O observador Cria sua Realidade, estamos pessoalmente envolvidos com a criação da nossa própria realidade. Os físicos estão sendo obrigados a admitir que o universo é uma construção“mental”. Físico pioneiro Sir James Jeans.

O experimento da fenda dupla quântica é uma experiência muito popular, usada para examinar como a consciência e o nosso mundo material físico estão interligados. É um grande exemplo que documenta como os fatores associados à consciência e ao nosso mundo material físico estão ligados de alguma forma. “A observação não somente causa interferência ao que será medido, mas também produzem isto. Nós obrigamos o elétron a assumir uma posição definitiva. Nós mesmos produzimos os resultados da medição.” Embora esta seja uma das experiências mais populares usadas para concluir a ligação entre a consciência e a realidade física, existem vários outros estudos que mostram claramente que a consciência, ou fatores que estão associados a esta, estão diretamente correlacionados com a nossa realidade de alguma forma. “Nós Somos o que pensamos, tudo o que somos surge com nossos pensamentos, com nossos pensamentos fazemos o mundo. (Gautama Buda) “De um modo geral, embora existam algumas diferenças, acho que a filosofia budista e a Mecânica Quântica podem apertar as mãos sobre a sua visão do mundo. Podemos ver nestes grandes exemplos os frutos do pensamento humano.” (Dalai Lama) “Nenhum problema pode ser resolvido a partir do mesmo nível de consciência que o criou.” (Desconhecido).

Minha vida começou a mudar quando comecei a usar as frequências Vibracionais e indicá-las aos pacientes, pois muitas pessoas no planeta não estão em ressonância com estas experiências. E estão mudando suas realidades através da própria consciência. O que muda a forma como percebemos a realidade? Informação, a qual pode ser ingerida, através dos modulares, que ajudam no processo de expansão da consciência.

Quando uma nova informação surge, muda a forma como olhamos as coisas e, como resultado, a mente se abre às infinitas possibilidades que não estavam sendo acessadas. Neste caso a realidade muda, e nós começamos a manifestar uma nova experiência, abrimos nossas mentes para uma visão mais ampla da realidade, tingindo sonhos e metas com facilidade. A cura se torna realidade, assumindo a saúde as redes da vida. Os ensinamentos como co-criação da realidade, começam quando estamos observando o mundo exterior através do nosso mundo, isso quer dizer que a realidade só existe se a mudança começar por dentro. “Seja a mudança que você quer ver no mundo.” (Mahatma Ghandi) “Não há nada de novo a ser descoberto na física agora. Tudo o que resta é a medição mais precisa.” Esta declaração (visão de mundo) foi escrita por Lord Kelvin em 1900, e foi derrubada apenas cinco anos mais tarde, quando Einstein publicou seu artigo sobre a teoria da relatividade.

As novas teorias propostas por Einstein desafiaram completamente o entendimento da época. Isto obrigou a comunidade científica a se abrir para uma visão alternativa sobre a verdadeira natureza da nossa realidade. “Declarações como de Lord Kelvin são paradigmas passados … Nós sabíamos que a Terra era plana, sabíamos que éramos o centro do universo, e sabíamos que um objeto mais pesado que o ar não poderia levantar o voo. Através de todas as fases da história humana, as autoridades intelectuais têm pronunciado a sua supremacia, ridicularizando elementos da realidade que simplesmente não se encaixam no quadro de conhecimento aceito. Será que estamos realmente diferentes hoje? Será que realmente mudou a nossa aceitação em relação às coisas que não se encaixam no quadro vigente? Talvez existam conceitos de nossa realidade que ainda temos de compreender, e se abrirmos nossos olhos, talvez veremos que algo importante foi esquecido. “(Terje Toftenes). Sabemos que há pessoas que nascem em condições privilegiadas, assumem empresas familiares e chegam ao fim da vida em situação precária, enquanto outras nascem extremamente adversas e tornam pessoas de sucesso, exemplos inspiradores. Porque não são as condições em que se encontram que determinam o resultado que as pessoas alcançam na vida. O que faz a diferença é o que elas decidem fazer frente a cada experiência de vida. Como elas decidem usar seus recursos é o que faz a diferença. A diferença não está no que você tem, mas sim como você usa aquilo que tem. O mais importante não é onde estamos, de onde viemos e sim, para onde estamos indo, onde queremos chegar. É a direção que conta. E o que define esta direção são as decisões que você toma, como decide usar aquilo que tem, ou seja, os objetivos que você estabelece para você. Pense nas pessoas que você estudou, antigos colegas de trabalhos. Quem são essas pessoas hoje? Conseguiram resultados diferentes? É claro que sim! Porque definiram objetivos diferentes, tomaram decisões diferentes e fizeram coisas diferentes. Foi isso que modificou suas vidas e não a situação em que se encontravam. Pessoas de sucesso se distinguem por fazer coisas diferentes em situações iguais. Os objetivos que você estabelece para você e que fazem a diferença. O que você está conseguindo agora não reflete seu potencial: reflete apenas a dimensão e qualidade dos seus objetivos. Observe o que você está fazendo hoje e fez nos últimos quatro anos, e o resultado dos objetivos conscientemente ou não que você estabeleceu para você. Se você continuar realizando o que realiza hoje, onde chegará daqui 4, 5 anos? É lá que quer chegar? Se a resposta for não, o que está fazendo para mudar?

Não basta estar no lugar certo, na hora certa. VOCÊ tem que ser a pessoa certa, no lugar certo, na hora certa.

O fato é que o seu caráter, o seu pensamento e as suas crenças são os fatores que determinam o seu grau de sucesso. A chave do sucesso é despertar a sua própria ENERGIA, pois isso atrairá as pessoas até você. Os seus rendimentos crescem na medida em que você cresce. O seu mundo interior cria o seu mundo exterior. Todos nós temos um plano financeiro e de sucesso inscrito no subconsciente. A sua programação passada faz o condicionamento, que determina todos os pensamentos que surgem em sua mente. Essa energia coloca oportunidades, acontecimentos, pessoas e situações que ajudam a alcançar o sucesso almejado. Importante, considerando que cada ser humano tem uma leitura de mundo única e, por este motivo, precisa ser tratado de maneira particular. As nossas vivências do passado, principalmente as que aconteceram na nossa infância (entre 0 e 7 anos), são responsáveis pela co-criação da maioria de nossos comportamentos atuais e das nossas crenças. Ou seja, tudo que determina o que somos como adultos e que cria a nossa realidade atual, podendo ser de sucessos ou insucessos.

Utilizando as Frequências e a Física Quântica, podemos reprogramar comportamentos indesejados, ou seja, dar novos significados às novas vivências e ampliar crenças que herdamos de nossos pais, da nossa cultura e de pessoas importantes da nossa vida. Também permite programar novos comportamentos de maneira ética e responsável, possibilitando construir um presente e um futuro mais rico e feliz. Se o Modelo Pessoal que existe no seu inconsciente não estiver programado para o sucesso, nada que você aprenda, saiba ou faça terá grande importância!

http://www.revistasaudequantica.com.br/Revistas/66-Revista-saude-quantica—9-edicao-/

Dth. Elainne Ourives, psicoterapeuta

 

Dth Elainne Ourives

 

Comentários estão fechados